A Dama do Amanhecer #resenha

RESENHA – A DAMA DO AMANHECER – Uma Canção de Luz e Trevas

Editora: @editorapendragon
Autor: @sir_rafael_
Gênero: Fantasia


Sabe aquela mulher forte, guerreira imbatível, poderosa e que ama ler, uma amazona mortal de sua geração, prodígio naquilo que faz, que não se ajoelha perante ninguém e luta com quem ousar desafia-la. Então, a Layla Merydian é exatamente assim e nessa leitura eu tive o prazer de conhecê-la.

Ela vive em Delwark, seu pai é o Duque de Gouldran, o segundo homem mais poderoso de todo o império, depois do Rei de Ílum.

Os habitantes de Delwark são capazes de manipular determinados elementos da natureza, como: a luz, trevas, gelo, vida, eletricidade e a mente.

Layla manipula a luz, e numa sociedade aonde o que importa é a linhagem de sangue e os poderes concedidos aos descendentes, as propostas de união de famílias eram um tanto perigosas e ambiciosas.

Layla vence todos que lutam com ela pela sua mão, e por isso, mantém uma reputação de durona e mortal. Mas tem uma paixão as escondidas…

Acontece que Layla recebe uma proposta feita pelo Rei de Ílum ao seu pai. E após isso acaba no centro de todo o poder do império, correndo sérios riscos de vida e não somente ela, como sua casa e sua nação. Tem personagem infiltrada, estratégias pra todo lado, tem batalhas e muitas coisas acontecendo.

Foi uma experiência completa de leitura, desde a capa, com a Layla deslumbrante, os títulos dos capítulos simplesmente perfeitos, a diagramação e o mapa de Delwark ao final do livro. Me transportou para o universo do livro e criou um filme na minha cabeça.

Queria um pouco mais de romance, confesso, mas entendo que a Layla é mais racional do que emotiva. E ameiii a escrita, a história, os personagens, os conflitos, tudo! Ganhou meu coração, ainda mais que deu a entender que vai ter continuação 😍

Super recomendo pra quem ama livros de fantasia❤️