Inventor do Tempo

Como pode um pintor ser refém da sua própria obra
Ou quem sabe um escritor prisioneiro em sua história
Quanto tempo eu perdi sem te buscar
Quanta espera o tempo já te fez passar.

Não sei como o inventor do tempo esperou pelo o meu amor
Não sei como o dono do universo teve que pedir meu coração
Que bom que foi assim,
Que bom que me esperou,
Tão bom tu és pra mim
Que bom que foi assim,
Que bom que me esperou,
Tão bom tu és pra mim

Sem inicio ou fim seu amor está além do tempo
Limitado se fez vê a minha angustia, e o meu olhar espero
Uma vida é o tempo pra te esperar
Muito tempo espera pra me encontrar

Não sei como o inventor do tempo esperou pelo o meu amor
Não sei como o dono do universo teve que pedir meu coração
Que bom que foi assim,
Que bom que me esperou,
Tão bom tu és pra mim
Que bom que foi assim,
Que bom que me esperou,
Tão bom tu és pra mim

Anúncios

8 comentários em “Inventor do Tempo

  1. Olá!!!Te agradeço muito,por vc acompanhar meu blog.Muito obrigada!Estou seguindo o seu!Visite meu blog quando quiser,curta,comente os posts sempre que quiser,puxe a cadeira,boa leitura e seja bem-vinda!Espero que vc continue acompanhando!Também gostei do seu blog,pena que às vezes o tempo é curto,então passo outra vez para ver mais posts seus.Bjs!😘

    Curtido por 2 pessoas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s