E não sobrou nenhum – Agatha Christie

IMG_20170318_102723_013

Oláaaa queridos leitoreeees!!

Continuando a comemoração ao mês das mulheres, hoje eu trouxe uma resenha da minha escritora de romance policial favorita!

Editora: Globo

Autora: Agatha Christie, a rainha do crime, a mais famosa autora de romances policiais do mundo.

Gente, como é bom ler os livros da Agatha Christie! É muito divertido!

E não sobrou nenhum, também publicado como “O caso dos dez negrinhos”, trata do seguinte: dez pessoas que não se conhecem são convidadas para o mesmo lugar, uma ilha, chamada ilha do soldado, conhecida por seu antigo dono ter dado altas festas. Porém, o atual dono, conhecido apenas por U.N. Owen (uma brincadeira que a autora fez com a palavra “unknown”, desconhecido) ninguém nunca sequer havia visto. Mas como ele os convidou, enviando cartas, de forma atrativa e convincente todos se reuniram na ilha.

Em cada quarto onde se hospedaram havia um poema infantiu.

Dez soldadinhos saem para jantar, a fome os move; Um deles se engasgou, e então sobraram nove.

Nove soldadinhos acordados até tarde, mas nenhum está afoito; Um deles dormiu demais, e então sobraram oito.

Oito soldadinhos vão a Devon passear e comprar chiclete; Um não quis mais voltar, e então sobraram sete.

Sete soldadinhos vão rachar lenha, mais eis que um deles cortou-se ao meio, e então sobraram seis.

Seis soldadinhos com a colmeia, brincando com afinco, a abelha pica um, e então sobraram cinco.

Cinco soldadinhos vão ao tribunal, ver julgar o fato, um ficou em apuros e então sobraram quatro.

Quatro soldadinhos vão ao mar, um não teve vez, foi engolido pelo arenque defumado, e então sobraram três.

Três soldadinhos passeando no zoo, vendo leões e bois, o urso abraçou um, e então sobraram dois.

Dois soldadinhos brincando ao sol, sem medo algum, um deles se queimou e então sobrou só um.

Um soldadinho fica sozinho, só resta um; Ele se enforcou.

E não sobrou nenhum.

Nenhum dos hospedes entendeu o que esse poema queria dizer. Até que tocou uma fita em todos os quartos que acusava cada um por crimes que, até então, eles pensavam que ninguém sabia, e por isso, tinham ficado impunes. A partir desse momento todos perceberam que tinham algo em comum, e que em razão disso tinham sido reunidos naquela ilha.

E então, mortes começaram a acontecer misteriosamente e o medo se instalou beirando a loucura.

“Pensou consigo:

‘É horrível – exatamente como nós aqui esta noite…’ Porque motivo Anthony Marston desejara morrer?

Ela não queria morrer.

Não podia conceber a ideia de querer morrer…

A morte era para – outras pessoas…”

IMG_8273

Um livro com muito suspense e alguns traços de terror. Personagens muito bem elaborados, dentre eles um juiz, um médico, uma babá e uma religiosa. E assim, além de um enredo totalmente envolvente, traz algumas críticas e reflexões muito interessantes, como a moral, o medo da morte e o verdadeiro sentido da vida.

Depois me contem o que acharam nos comentários.

Beeeeijos,

Morgana.

Anúncios

6 comentários em “E não sobrou nenhum – Agatha Christie

  1. Olá Morgana, amo os livros da Agatha Christie. (Uma de minhas autoras prediletas!) Este, em especial, acho genial. Uma trama muito intrincada e envolvente. Vale muito a pena ler e reler! Parabéns pela resenha.

    (Obrigada por visitar meu blog, seja sempre bem vinda!)
    Abraço! Fernanda

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s